Considerações gerais sobre as anemias


Por definição, a anemia é a diminuição da hemoglobina circulante no sangue. A hemoglobina é produzida na medula óssea e a sua estrutura é composta principalmente pelo ferro e por pequenas proteínas estruturais chamadas de globinas. 


Cerca de 95% do volume de cada glóbulo vermelho (também conhecido por hemácia ou eritrócito) é composto por várias moléculas de hemoglobina (ver figura). Assim, doenças que causam perda, destruição ou diminuição da produção de glóbulos vermelhos ou de hemoglobina podem levar ao desenvolvimento de anemia.

Esquematização mostrando glóbulo vermelho com moléculas de hemoglobina no seu interior.A hemoglobina é a proteína responsável pelo transporte de oxigênio que respiramos para todas as células do corpo. Assim, a presença de quantidades adequadas de hemoglobina na circulação é fundamental para bom funcionamento do nosso organismo. 


Quando uma pessoa desenvolve qualquer tipo de anemia, há diminuição da hemoglobina na circulação sanguínea e, conseqüentemente, a oferta de oxigênio para as células fica prejudicada.

Os sintomas mais comuns decorrentes da anemias são:

- Cansaço (principalmente aos esforços)

- Sonolência (vontade de dormir por muito tempo)

- Indisposição

- Palidez de pele e de mucosas

- Dor nas pernas (principalmente ao caminhar numa subida ou por mais tempo)

 

 


Instituto Naoum de Hematologia
Rua Bonfá Natale, 1860
Bairro Santos Dumont
CEP: 15020-130
São José do Rio Preto - SP
Instituto Naoum de Hematologia © 2012 - Todos os direitos reservados